MG Blog

Como funciona o mercado imobiliário no metaverso
🎧 O universo virtual está expandindo para situações cada vez mais próximas da nossa vida real. Nada mais natural que exista também um mercado imobiliário no metaverso. Entenda o que é e como funciona a compra e venda de imóveis virtuais.

Gostaria de escutar esse áudio de qualquer lugar e momento? Basta clicar no ícone ao lado e preencher o formulário!

mercado imobiliário no metaverso está aquecido e cheio de possibilidades

Estamos cada vez mais habituados ao mundo digital, e após a mudança de nome do Facebook Company para Meta, o metaverso se tornou um assunto mais discutido em outros segmentos que trabalham com o digital. Por isso, o mercado imobiliário no metaverso precisa ser mais conhecido por quem trabalha com imóveis reais.

Para que você entenda mais sobre esse universo que começou a ser mais explorado e que pode ser uma nova forma de se conectar, preparamos este artigo para te explicar mais sobre o metaverso no seu segmento, o imobiliário.

Já estamos acostumados com avatares nas redes sociais, compras online e negócios em plataformas, por que não um mundo totalmente virtual?

Neste artigo você vai poder ler sobre:

O que é metaverso?

Nos últimos meses, principalmente quem trabalha com o digital, é praticamente impossível não ouvir em algum momento sobre o metaverso. O termo ganhou evidência quando o dono do Facebook anunciou a mudança de nome da companhia para Meta e o foco em desenvolver esse ambiente virtual.

O metaverso pode ser definido como uma rede de mundos virtuais. Trata-se de uma tentativa de desenvolver uma réplica da realidade, focando na conexão social.

Entusiastas da tecnologia acreditam que este será o futuro da internet. Depois desse anúncio, outros segmentos já procuram explorar esse universo. Áreas de entretenimento foram as primeiras a lançar experiências no ambiente virtual, mas a indústria da moda, alimentos, educação e imobiliário já correm atrás.

O que são imóveis digitais?

O metaverso seria como uma extensão da realidade, uma vida paralela. Além de desfrutar de parques, espetáculos e centros de compras é possível também fazer a aquisição de um lote (ou terreno).

Algumas plataformas (4 até o momento) já possuem operações para a compra de imóveis virtuais. Isso está movimentando o mercado imobiliário.

Em cada plataforma o terreno é limitado a um número definido de lotes. Sendo assim, o terreno é um recurso escasso e por isso, quem iniciar agora tem vantagem.

Embora os imóveis sejam virtuais, são garantidos com escrituras reais na forma de Tokens Não Fungíveis (NFTs). O interessado faz a compra de um imóvel digital, assim como a criptomoeda.

Imóveis virtuais são semelhantes aos reais na questão da compra. A CNBC divulgou em fevereiro que as vendas nessas quatro plataformas chegaram a US$501 milhões em 2021, segundo a MetaMetric Solutions.

Com os dados de janeiro superando os 85 milhões de dólares, a estimativa é que este ano os imóveis virtuais rendam 1 bilhão para as principais plataformas.

O mercado imobiliário no metaverso é um bom investimento?

O mercado imobiliário no metaverso ainda é muito especulativo. Embora não se saiba quanto ou se irão prosperar, algumas plataformas operam desde 2000.

A valorização dos terrenos tem o mesmo princípio do mundo real, por exemplo, quanto mais próximo da localização de uma empresa mais valorizado. Valem os indicadores como a busca por um terreno com atrativos perto.

Não é preciso ter um super hardware para acessar o metaverso, mas se trata de uma transação financeira real. 

A escassez de terra no metaverso é artificial e uma empresa pode desenvolver novos terrenos virtuais para atender a demanda. A negociação se dá por meio das criptomoedas, que são voláteis, fazendo com que o mercado imobiliário no metaverso também seja.

É seguro comprar um imóvel no metaverso?

O mercado imobiliário no metaverso é, no geral, bem seguro. Desde que você se lembre da sua senha, o risco de roubo ou fraude nos acordos atualmente são mínimos.

No entanto, investimentos a longo prazo não são tão recomendados, pois as medidas de segurança podem ficar obsoletas. Vale a pena para compras à vista.

Gostou do nosso artigo? Então deixe o seu comentário e compartilhe em suas redes sociais.

X