MG Blog

E-mail Marketing: saiba o que é e como aplicar na sua empresa
🎧 Saber o que é E-mail Marketing e como utilizá-lo vai te colocar à frente da concorrência. Isso porque essa é uma das estratégias de Marketing Digital mais eficazes para gerar leads e novos clientes.

Gostaria de escutar esse áudio de qualquer lugar e momento? Basta clicar no ícone ao lado e preencher o formulário!

e-mail marketing o que é e como aplicar

Investir em estratégias de Marketing Digital tem sido o grande diferencial de empresas que buscam aumentar as vendas e receitas.

Mas para que os resultados com Marketing na internet sejam concretos é preciso investir nas estratégias mais eficientes, como o E-mail Marketing.   

Para se ter uma ideia, ele está entre as estratégias mais utilizadas, usado por 76,7% das empresas, segundo pesquisa realizada pela Rock Content.

Além disso, 96% dos adeptos da estratégia acreditam em sua efetividade.

Isso porque um e-mail é 40 vezes mais eficaz para gerar novos clientes do que redes sociais, como Facebook e Twitter, de acordo com a CampaignMonitor. 

Assim o E-mail Marketing se concretizou como uma das ações com melhor custo benefício, considerando o bom nível de retorno e o baixo valor de investimento. 

E neste conteúdo vamos te contar o que é E-mail Marketing e tudo que você precisa saber para aplicá-lo na sua empresa.

Neste artigo você vai poder ler sobre:

O que é e-mail marketing?

O E-mail Marketing é a comunicação via e-mail que tem como objetivo gerar e manter o relacionamento com clientes, levando a mais vendas e retenção de carteira.

Esse contato se dá via campanhas de Marketing Digital, nas quais vários e-mails são enviados em períodos de tempo variados para os cadastrados na base de contato.

O objetivo é que a mensagem chegue na caixa de entrada do interessado com informações sobre produtos ou serviços que estão sendo oferecidos pelo remetente.

E diferente dos e-mails tradicionais de contato, o E-mail Marketing tem algumas características específicas que o tornam eficaz em sua missão, tais como:

  • São enviados para uma grande base de contatos;
  • Eles contêm mensagens que visam informar, atrair e persuadir o leitor a alguma ação;
  • São personalizáveis em certos níveis, como nome do destinatário ou algum dado específico para cada contato, apesar das mensagens padrões;
  •  Contêm links de redirecionamento para páginas de venda ou contato do remetente;
  • E eles geralmente contêm a opção de cancelamento, na qual o cliente pode escolher não receber mais e-mails do tipo.

Agora que você já sabe o que é E-mail Marketing é hora de entender por que esta forma de comunicação já tão antiga é ainda muito poderosa para gerar clientes.

3 grandes vantagens de usar e-mail marketing

Apesar de muitos terem pensado que a estratégia seria deixada para trás por conta dos novos canais de relacionamento, como redes sociais, o e-mail marketing resiste bravamente e o melhor: continua trazendo resultados.

E isso acontece, pois o comportamento do público também mudou.

Agora o cliente busca por uma experiência satisfatória com uma marca ou empresa, uma vez que tem maior poder na decisão de compra e mais opções disponíveis.

Ou seja, já não basta mais oferecer um bom produto/serviço, é necessário encantar o cliente desde o primeiro contato, inclusive naqueles que serão feitos via E-mail Marketing.

Esse cuidado é fundamental porque 95% das pessoas que optam por receber mensagens de uma marca acreditam que estes conteúdos são úteis, segundo pesquisa da Salesforce.

O que faz mais de 50% dos usuários ler a maioria dos e-mails que chegam na caixa de entrada, de acordo com dados da HubSpot.

Tudo isso torna o e-mail um canal de comunicação ativo e adequado para:

1.Auxiliar na captação clientes 

Os famosos leads (potenciais clientes) do Marketing Digital podem ser convertidos em clientes com o auxílio do e-mail marketing.

Pois, ao captar os dados de um usuário – como nome, e-mail e telefone-  ele se transforma em um lead. E para virar um cliente ele precisa se relacionar com sua marca e produto para considerar de fato a compra.

Justamente nesse relacionamento que um bom fluxo de e-mail marketing pode ajudar.

É importante nutrir esse lead por meio de conteúdos e informações relevantes para ele, a fim de torná-lo um cliente.

2.Retenção de clientes

Após transformar seu lead em cliente é preciso garantir que ele continuará considerando seu produto ou serviço como primeira opção.

Assim, o e-mail marketing também pode ser aliado na hora de fazer a retenção desse cliente.

Vale investir em um fluxo de e-mails voltado para a utilidade do seu produto, bem como dicas para que o cliente tire o maior proveito possível do mesmo.

Caso venda produtos complementares também poderá anunciar esses itens como ferramentas auxiliares aquilo que o cliente já adquiriu.

Por isso, considerar que o e-mail marketing funciona como uma canal de relacionamento direto e personalizado com o cliente pode fazer toda a diferença para o sucesso da estratégia.

Para tanto, é importante organizar os contatos e segmentá-los de acordo com as interações que já ele teve com sua marca.

Por exemplo, um segmento de contato para leads que ainda não compraram com sua empresa, outro no qual estarão aqueles que já realizaram alguma compra, e assim por diante.

3.Redução de custos

 Engana-se quem pensa que o e-mail marketing é uma estratégia cara. Pelo contrário, ela apresenta ótimo custo-benefício para a empresa.

Isso porque, para aplicá-lo basta contar com uma boa ferramenta própria para e-mail marketing e profissionais habilidosos com copywriting e conteúdo.

Além disso, se toda a equipe comercial e de marketing estiver alinhada sobre como funciona o e-mail marketing será possível produzir fluxos de e-mails mais assertivos.

 Assim, mesmo com poucos profissionais a empresa será capaz de garantir a efetividade da estratégia.

Sendo este um investimento de baixo custo e grande alcance, que permite inclusive administrar uma grande carteira de leads e clientes de forma fácil e segura.

 Entender como funciona o e-mail marketing e quais tipos é fundamental antes de aplicar a estratégia.

 Por isso, antes de sair criando fluxos de e-mail marketing é preciso planejar, conhecer seu público e a melhor forma de se relacionar com ele. 

Tipos de e-mail marketing

O e-mail Marketing é uma estratégia altamente versátil e dispõe de vários formatos para que sua empresa se comunique com o público de acordo com o objetivo estabelecido.

Isso porque, é possível fazer e-mails de boas-vindas para novos clientes, ou ainda newsletters para informar frequentemente sobre as novidades.

Conheça agora os formatos de e-mail marketing e suas principais utilidades.

Newsletter  

A Newsletter é um dos formatos mais conhecidos e utilizados de e-mail marketing. Ela é utilizada para comunicar os clientes sobre conteúdos e novidades da empresa.

Seu uso permite encaminhar os clientes por meio de links para outros canais de comunicação da empresa, como para o blog.

Além disso, ela costuma ter assuntos variados e uma periodicidade mensal, quinzenal ou semanal.

E-mail promocional

Como o próprio nome diz, este formato tem o objetivo de converter os leitores em clientes levando-os a compra, seja qual for o estágio dele no funil de vendas.

Para tanto a mensagem deve promover uma oferta, produto ou serviço de maneira atraente e persuasiva.

Itens gratuitos, como e-books, também podem ser divulgados por meio deste formato.

E-mail sazonal

Aproveitar sazonalidades para disparar e-mail marketing é uma excelente forma de engajar seu público.

Dessa forma sua empresa pode utilizar as datas comemorativas que mais tenham a ver com o nicho de atuação e produzir campanhas de e-mail.

Os conteúdos podem ser personalizados e gerar resultados ainda melhores.

Por exemplo, no dia do aniversário dos clientes enviar um e-mail de felicitações e ainda oferecer desconto para compras.

E-mail para E-commerce

Essencial para as lojas virtuais é despertar a atenção do público e gerar vendas.

Para tanto, o e-mail para e-commerce é uma excelente forma de gerar tráfego para o site e até mesmo vendas diretas.

Isso porque a loja pode enviar para os clientes as promoções ou lançamentos de produtos que são do interesse do leitor, assim, ao clicar em algum dos links disponíveis é possível ir direto para a página de compra do produto.

Esse tipo de e-mail quando bem feito tem grande potencial engajador e inclusive pode diminuir o abandono de carrinho, tão comum em lojas virtuais.

E-mail de Boas-Vindas

Aqui temos o primeiro contato da sua empresa via e-mail marketing.

O e-mail de boas vindas deve ser enviado assim que alguém virar lead para formalizar o cadastro na sua base de contatos e também informar sobre o envio de novos conteúdos.

Além disso, é nesse contato que o cliente identifica o remetente e começa a ter o hábito de ler o conteúdo recebido.

E-mail para clientes inativos

Utilizar o e-mail marketing para recuperar contatos inativos pode ser muito eficaz.

Mas para isso é preciso investir em conteúdos que realmente sejam interessantes para o destinatário.

Por isso esse formato normalmente faz uso de ofertas especiais ou pesquisas nas quais o cliente informa aquilo que gostaria de receber.

Dessa maneira é possível entender por que aquele usuário está inativo e o que ele espera receber para voltar a engajar com seus e-mails.

Outra vantagem desse formato é a possibilidade de identificar e-mails que não são mais utilizados e limpar sua base de contatos para tornar ainda mais efetiva sua estratégia.

Automação de e-mails

A automação é outra forma interessante de estabelecer relacionamento com sua base de contatos e aumentar a chance de gerar vendas.

Ele consiste em toda forma automática de contato entre sua empresa e seus leads ou clientes, permitindo a criação de fluxos de e-mail de acordo com a interação dele com os mesmo.

A medida que os e-mails abertos e os conteúdos consumidos o contato avança para novos estágios da jornada de compra até chegar ao fundo do funil.

Outra vantagem da automação é que permite segmentar o público e enviar e-mails de acordo com o estágio do usuário, além de encerrar a comunicação em caso de desinscrição ou falta de interação.

Como fazer campanhas de E-mail Marketing

Agora que você já sabe quais os tipos de e-mail marketing e suas principais funcionalidades é hora de aprender como aplicar essa estratégia na sua empresa.

Para conseguir ter resultados reais com a estratégia é preciso estruturar suas campanhas seguindo quatro passos fundamentais.

Passo 1 – Planejar o público-alvo

Antes de começar a fazer seu e-mail marketing é necessário definir para quem deseja enviá-lo.

E não estamos falando apenas da base de contato, mas principalmente quem é o público que deseja atingir.

Esse passo é o primeiro porque com base nele toda a dinâmica de comunicação será feita, incluindo tipo de linguagem dos e-mails e o formato.

Passo 2 – Definir a Frequência de disparos

Outro passo importante para estruturar sua campanha é definir a frequência de disparos de e-mail.

Para tanto é preciso seguir boas práticas de relacionamento via e-mail, dentre as quais não enviar e-mails de forma excessiva.

Assim, é fundamental definir a frequência de acordo com a finalidade, evitando o excesso e também enviar poucos e-mails.

No caso da automação de e-mail é possível considerar disparos a cada 7 dias ou com menor intervalo de a depender da proximidade do lead com o fundo do funil de vendas. Isso porque o alto número de e-mails leva 59% dos usuários a cancelarem a inscrição em uma lista de disparo, segundo a OptinMonster.

Passo 3 – Segmentar contatos

A segmentação é outro ponto importante para criação da sua campanha de e-mail.

Pois ele garante que você envie suas mensagens de forma correta para o destinatário correto.

Assim, divida sua base de contatos em nichos e prepare para cada um aquilo que realmente será relevante.

A segmentação varia de empresa para empresa, mas para você ter uma ideia ela pode ser feita por:

  •  cargo;
  • área de atuação;
  • estágio no funil de vendas;
  • perfil e pontuação em Lead Scoring.

Mas vale ressaltar que a segmentação vai depender das necessidades e objetivos sua empresa, por isso, é importante utilizar aquela que faça sentido para seu ramo de atuação e jornada de compra.

Passo 4 – Criar templates

Após definir os seu o público, a frequência de disparos e a segmentação é hora de dar cara aos e-mails de sua campanha.

Estabeleça uma identidade visual, linguagem e tipo de abordagem para padronizar a comunicação com seus contatos.

Dessa forma os usuários facilmente vão identificar que aqueles e-mails são da sua empresa.

Não se esqueça de dar muita atenção aos assuntos dos e-mails, principalmente porque eles vão definir se o usuário vai abrir ou não seu e-mail, tenha em mente que você tem de 3 a 4 segundos para conseguir esse clique!

Os assuntos precisam ser atraentes e relevantes para engajar e também precisam combinar com a identidade visual e de linguagem da sua empresa.

Dispare e-mails para atrair clientes

Como vimos o E-mail Marketing continua sendo uma das formas mais eficazes de colocar sua empresa em evidência para os consumidores.

As vantagens dessa estratégia de excelente custo-benefício vão desde a geração de novos leads até a fidelização de clientes.

Isso porque há diferentes formatos de E-mail de Marketing que podem ser explorados de acordo com os objetivos de sua campanha.

Apesar de tudo isso é importante ressaltar que os resultados de uma campanha de E-mail Marketing só serão efetivos se houver planejamento estratégico e uma boa execução.

Para tanto é fundamental seguir os 4 passos que ensinamos para o desenvolvimento da estratégia na sua empresa.

X